quinta-feira, fevereiro 15, 2007

Plano de emergência em Moçambique

Já sei que no Líupo está tudo bem. Obrigada aos que se preocuparam.

Quando é que será criada uma infraestrutura para que não se repitam ciclicamente estas cheias. Já nos anos 70 acontecia o mesmo. L.



Este artigo foi copiado daqui.


Cheias já fizeram 68 mil desalojados



O Governo de Moçambique tenta por todos os meios evitar a repetição da tragédia de 2001. Activou já os planos de emergência no centro e norte do país para socorrer as populações afectadas pelas cheias do rio Zambeze. A subida das águas provocou até agora 68 mil desalojados.

São já 15 mil hectares de plantações inundadas, cinco mil casas destruídas, 68 mil desalojados nas províncias de Zambézia, Tete, Manica e Sofala.

As cheias do rio Zambeze levaram já o governo de Maputo, com o apoio das Nações Unidas, a activar os planos de emergência para socorrer as populações afectadas pela subida das águas no centro e norte de Moçambique.

Mais de 26 mil pessoas estão actualmente abrigadas em 53 centros de acomodação ao longo de quatro províncias. O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades Naturais (INGC) estima que 142 mil pessoas poderão necessitar de assistência humanitária em poucas semanas.

Com previsões de mais chuva, e novas descargas da barragem de Cahora Bassa, as autoridades moçambicanas tentam evitar a repetição da tragédia de 2001, quando as cheias mataram 700 pessoas ao longo do rio Zambeze.

4 comentários:

Snail disse...

Vais ver que não há nada de errado com o teu mano. É natural que as comunicações funcionem mal ou não funcionem mesmo, pois até devem existir problemas no normal abastecimento de energia eléctrica. Já agora, onde é que é Líupo?
Bjs

O Micróbio II disse...

E eu tenho uma irmã que vai em Março para lá trabalhar (Maputo)... mas penso que as cheias não chegaram a Maputo! Ontem tb ela andava precupada!

Laura Lara disse...

Luh
Espero que já tenhas conseguido contactar o teu irmão e que tudo esteja bem.
Beijihos

Luísa Hingá disse...

Snail
Liúpo é perto de Nampula. E antes que digas fica longe do Zambeze, mas também lá chove muito.

Micróbio em maputo não há esses problemas. No sul há secas.

Laura ainda não.