sábado, agosto 13, 2005

Poema não anónimo


se ninguém perguntar nada

e os dias longos

acontecerem


se não houver amanhãs

só a névoa que brilha

construindo


se ninguém perguntar nada

eu caminho


Carlos Gil

1 comentário:

Isabel-F. disse...

Este Web.... escreve bem...

comecei ontem a ler o Xicuembo....

já colocaste a música??? ficou bem???

rsss... é que eu ando pela net com o som desligado... só ligo para ouvir qdº sei que é algo que eu gosto...

Bjs